O Grande Dia

Saiba mais em www.mybestwedding.eu

A Chegada
É tradição a noiva chegar à igreja algum tempo depois da hora marcada. No entanto, este atraso não deve exceder os 15 minutos. Se a cerimónia se realizar de manhã, a noiva deve ir bem cedo para o cabeleireiro. Ao chegar a casa, o vestido e os acessórios, já devem estar prontos a vestir. Depois da habitual sessão de fotografias, é hora de partir rumo à igreja ou ao local do registo. A mãe da noiva e as damas de honor saem primeiro, deixando que pai e filha conversem um pouco a sós. Mas não é só a noiva que deve respeitar os horários. O noivo deve chegar ao local da cerimónia 30 minutos antes da hora marcada e os seus convidados 15 a 20 minutos antes. Lá, a primeira tarefa do padrinho é verificar se todos os presentes sabem o sítio certo onde se devem sentar e têm o livro de salmos, caso os noivos tenham optado por um casamento com missa. Os convidados do noivo devem ocupar os bancos da ala direita e os da noiva os da ala esquerda. Nunca é demais lembrar que os convidados não devem nunca entrar depois da noiva! A mãe da noiva e as damas de honor devem esperar pela noiva à porta.


No Altar
Quando chegar ao altar (ou à mesa do registo), o noivo deve cumprimentar o futuro sogro e olhar de perto para a noiva que ficará à sua esquerda. Assim que deixar o braço do pai, a noiva deve entregar o bouquet e as luvas à madrinha, para ficar com as mãos mais livres. Se a cerimónia for celebrada com missa, os noivos podem sempre oferecer-se para ler os textos escolhidos. Após a troca de alianças, o casal é declarado marido e mulher e convidado a selar o casamento com um beijo. A comunhão, por norma, realiza-se no final da missa de casamento. Nos casamentos religiosos, terminada a cerimónia, os recém-casados, acompanhados pelos pais e respectivos padrinhos, dirigem-se à sacristia para assinarem o livro de registos. Só nessa altura fica completa a certidão de casamento que, mais tarde será enviada para a Conservatória do Registo Civil. Ao saírem da sacristia, os noivos descem a nave de braço dado em direcção à porta. Atrás deles segue o cortejo. Primeiro o pai da noiva e a mãe do noivo, depois o pai do noivo e a mãe da noiva, os padrinhos e, por último, os restantes convidados. Já na rua, esperam-nos as meninas das flores com as pétalas e arroz. Diz-se que este pequeno gesto é sinónimo de fertilidade e prosperidade. De seguida, da-se a sessão de fotografias com os convidados e tudo rumo ao local da festa...
Um bom casamento e muitas felicidades para todos, são os desejos da equipa das Noivas Felizes.

1 comentário:

castorsereno disse...

Os noivos não devem ler as leituras. Devem escolhê-las em conjunto com o padre e devem escolher os leitores que leiam bem.
As leituras são para os noivos que as devem ouvir.
http://unidosparasempre.wordpress.com